Lendas Urbanas da Internet – O e-mail nigeriano 419

Publicado: 5 de janeiro de 2011 em Lendas Urbanas
Tags:

Versão em Português do e-mail:

“Da mesa de Mr.ABDEL KADER.
O auditor sênior responsável
UNIDADE REMESSA EXTERNA,
BANK OF AFRICA (BOA).
Ouagadougou, Burkina Faso.

Caro amigo,

Eu presume que está tudo bem com você e sua família. Por favor, que isto não seja uma mensagem surpresa para você, porque eu tenho suas informações de contato de semana o diretório internacional há pouco antes de eu decidi entrar em contato com você sobre esta magnitude e operação lucrativa para o nosso presente e futuro da sobrevivência da vida.

Eu sou o auditor sênior responsável da unidade de remessas ao exterior do nosso banco e decidi contactá-lo para esta operação financeira no valor (17 milhões de dólares E.U.) para o nosso sucesso presente e futuro. Este é um fundo abandonada que pertence a um de nossos clientes estrangeiros, que morreu junto com toda a sua família através de acidente de avião há vários anos.

Enquanto isso, fiquei muito feliz de vir em todo o arquivo morto, quando eu estava organizando o velho e abandonado do cliente em outros arquivos para assinar e encaminhar à administração do banco inteiro para um funcionário re-documentação e auditoria do ano.

Foi dito claramente nas nossas regras e regulamentos bancários estrangeiros que foi assinado legalmente que, se esse fundo não reclamados até o prazo de quatro anos, iniciado a partir da data em que o beneficiário morreu, o dinheiro será transferido para o Tesouro, fundos não reclamados no entanto, é não autorizadas pelas disposições que regem o nosso banco de um cidadão de Burkina Faso para fazer o pedido do fundo a menos que você é estrangeiro, não importa o país.

Assim, o pedido de você como um estrangeiro, é necessário solicitar o pedido e transferência do fundo de bom em sua conta bancária de confiança como o parente mais próximo do falecido. quando o fundo é transferido para sua

conta de 45% será para você em relação a toda a assistência para a sua transferência do fundo em sua conta e prestação de conta bancária em que o banco irá remeter o fundo, 50% serão para mim ser o pioneiro da empresa, enquanto o restante de 5% será compartilhado com organizações respeitáveis, como caridade e as casas miseráveis em torno de nós no mundo.

Se você estiver realmente certo da sua idoneidade, responsabilidade e confidencialidade sobre esta transação contato comigo e não aceita mudar a sua mente para enganar ou me decepcionar quando o fundo é transferido para sua conta. Assim que você responder, eu vou deixar você sabe o próximo passo e procedimento a seguir para concluir esta transação com êxito.

Espero que a sua comunicação urgente,

Atenciosamente,
Mr.ABDEL KADER”

Em outras versões começa com “Caro Sr. Antes de mais nada, peço um momento de confiança nessa troca. Deixe-me começar me apresentando apropriadamente…”. Certamente você já recebeu um desses e-mails secretos e confidenciais prometendo uma grande recompensa para ajudar alguém a trazer dinheiro para o país.

Tudo que você precisa fazer é confiar a essa pessoa informações quase nada confidenciais, como o número do seu banco e da sua conta.

Trata-se do golpe Nigeriano, os pioneiros desse esquema apareceram em 1980, na forma de cartas de fax – e ainda estão por aí. Mesmo aqueles que se acham mais espertos caem no golpe (entre as vítimas, figura até gente famosa). Conhecido como o golpe 4-1-9 nigeriano, tem seu nome originado da seção que trata de fraudes no código penal nigeriano.

A maioria das cartas termina com “obrigado, e que Deus o abençoe”.

Há diversas variações desse golpe. Uma delas consiste em alegar que você ganhou numa loteria em que, naturalmente, não entrou. A fim de receber os milhões, é preciso gastar alguns milhares de dólares para o pagamento de uma autoridade aqui, uma propina ali, uma taxa acolá, etc.

As pessoas realmente cedem a esses apelos? Sim. Tenho diante de mim um artigo do The Sacramento Bee (12 de março de 2005) sobre um nigeriano chamado Roland Adams que foi sentenciado a 97 meses de prisão pela participação num desses golpes. O artigo alega que ele ajudou a tapear cerca de 20 “vítimas distribuídas pelo mundo tomando-lhes mais de US$ 1 milhão”. Ele montou o BankofAfrica.com, um site bancário falso, e dava às vítimas uma senha especial com a qual podiam ver quando dinheiro havia sido “designado” para ser transferido para suas contas, assim que pagassem as taxas para cobrir a transação. Segundo o artigo, algumas das vítimas perderam centenas de milhares de dólares.

Uma delas, Margie Ziereis, do estado de Wisconsin, disse que tinha a expectativa de receber US$ 50 milhões por permitir que Adams depositasse US$ 150 milhões em sua conta bancária. Transferiu para ele US$ 8.000 para pagar uma “taxa de transação”. Naturalmente, jamais foi depositado nenhum dinheiro na conta da vítima.

Lendas urbanas, mitos urbanos ou lendas contemporâneas são pequenas histórias de caráter fabuloso ou sensacionalista, amplamente divulgadas de forma oral, por e-mails ou pela imprensa e que constituem um tipo de folclore moderno. São frequentemente narradas como sendo fatos acontecidos a um “amigo de um amigo” ou de conhecimento público.

Veja Também Malditos Spammers e o Especial Lendas Urbanas

Anúncios
comentários
  1. vitor disse:

    De todos os golpes esse foi o mais tosco.

    Ninguém está livre e cair em uma coisas dessas , mais se vc pensar 2 minutos provavelmente irá , ao menos, desconfiar que é um golpe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s