Traumatismo craniano nos quadrinhos do Asterix

Publicado: 6 de julho de 2011 em Ciência
Tags:

Artigo publicado na revista científica Acta Neurochirurgica investigou os a ocorrência e risco de traumatismo craniano nos livros da série de quadrinhos Asterix.

Os pesquisadores identificaram 740 ferimentos na cabeça. A maioria das pessoas envolvidas eram adultos e do sexo masculino. A principal causa de trauma foram agressões (98,8%). Traumas foram classificados como sendo graves em mais de 50% dos casos. Diferentes déficits neurológicos e os sinais de fraturas de crânio basal foram identificados. Embora mais da metade das vítimas dos ferimentos na cebaça apresentassem grande dificuldade inicial de consciência, nenhum caso de morte ou déficit neurológico permanente foi encontrado. O maior grupo de personagens feridos foi constituído por romanos (63,9%), enquanto os gauleses causaram mais de 90% destes traumas. Um capacete foi usado por 70,5% das vítimas, mas foi perdido na grande maioria dos casos (87,7%). Em 83% dos casos, traumas foram causados ​​sob a influência de um agente de doping chamado “poção mágica”.

Artigo:
Traumatic brain injuries in illustrated literature: experience from a series of over 700 head injuries in the Asterix comic books
Volume 153, Number 6, 1351-1355, DOI: 10.1007/s00701-011-0993-6 

Veja Também: Como simplificar um texto científico / A Calculadora do Casamento / Vida em Arsênio

 

 

comentários
  1. vitor disse:

    rapaiz que violêcia.. tudo por causa do chá de cogumelo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s