Esqueceu? A culpa é da porta!

Publicado: 7 de dezembro de 2011 em Ciência
Tags:

“O que é que eu ia mesmo fazer?”

Esquecer o que iria fazer, ao entrar em uma sala, pode ser culpa do fato de você passar por uma porta. É o que revela o autor do estudo, Gabriel Radvansky, que trabalha como professor de psicologia na Universidade de Notre Dame, nos EUA.

“Entrar ou sair por uma porta serve como um ´elemento delimitador´ na mente, que separa os episódios de atividade e arquivamento”, afirmou o pesquisador Gabriel Radvansky. “Recordar a decisão ou atividade que foi feita em uma sala diferente é difÃícil porque ela foi compartimentalizada”.

Na nossa mente a passagem por uma abertura sinaliza o fim de uma cena, como em um filme.

Os resultados publicados no Quarterly Journal of Experimental Psychology foram obtidos em três experimentos, realizados em ambientes virtuais e reais, e nestes os voluntários deveriam realizar testes de memória ao vagar por uma sala e ao atravessar uma porta. O resultado: “As pessoas tinham 2-3 vezes mais chances de esquecer o que eles deveriam fazer depois de caminhar por uma porta.” Isto sugere que portas atuaram como bloqueios mentais, impedindo nossa capacidade de recuperar memórias formadas em outro lugar.

Esqueceu? Culpa das portas!

Veja o Artigo Original

Veja Também: Como simplificar um texto científico / #CrashDay – 24 horas são insuficientes… / As 100 melhores Leis de Murphy

comentários
  1. vitor disse:

    Curti, vo usar o argumento quando esquecer aniversário de namoro ,aniversário da namorada e pagamento de pensão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s